INVASÃO DE CURRAIS

Rompimento - Presença de Ibaneis no sul do Piauí irrita Wellington Dias

Governador do DF estaria invadindo currais eleitorais do seu colega do Piauí

08/06/2021 05h25Atualizado há 2 meses
Por: Redação
224
Ibaneis e Wellington eram aliados até pouco tempo; mas tem dinheiro no meio do caminho (Foto/Reprodução GP1)
Ibaneis e Wellington eram aliados até pouco tempo; mas tem dinheiro no meio do caminho (Foto/Reprodução GP1)

Os governadores Wellington Dias (PT) e Ibaneis Rocha (MDB/DF) já não estariam falando a mesma língua. Há alguns meses juntamente com outros governadores os dois assinaram carta contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, acusando-o de negligência no combate à pandemia e exigindo providências.

Hoje, nos bastidores políticos da capital federal, não se fala em outra coisa. Os cronistas de ocasião afirmam que o embate tem causas prováveis.

Uma delas pode ser a destinação de recursos federais, por Ibaneis, para municípios da região sul do Piauí, onde ele possui fazendas de gado e produção agrícola.

No ano passado, o emedebista teria destinado, mercê de entendimento político com a base do presidente Bolsonaro, recursos da ordem de R$ 7 milhões para municípios onde teria propriedades, segundo o jornal "O Estado de São Paulo".

Os recursos teriam sido repassados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Ibaneis Rocha, que passou a acompanhar Bolsonaro, teria R$ 22 milhões à disposição. Ele decidiu “levar” parte do dinheiro não para Brasília, cidade-Estado que administra, e sim para o Piauí, terra natal dos seus familiares.

O jornal diz que "para Sebastião Barros, onde fica a sede de uma de suas fazendas, Ibaneis destinou 4,7 milhões de reais para recuperar estradas, comprar caminhão e trator, construir ponte e instalar poste de energia. O dinheiro chegou no ano eleitoral de 2020, quando o governador tentava reeleger um aliado para a prefeitura." Mas "seu candidato" foi derrotado.

O jornal acrescenta que, "na vizinha Corrente, município" onde mora sua família e "onde passou a infância, Ibaneis enviou R$ 1,4 milhão para ‘execução de serviços de recuperação de estradas vicinais’. Oeiras, mais no centro do Estado, teve R$ 428 mil para comprar tratores, roçadeiras, caminhões-tanque e batedeiras de cereais. Há, ainda, mais R$ 361 mil para a estrutura da Codevasf no Piauí com a compra de tratores e carros 4×4."

Ao tentar justificar os repasses, Ibaneis Rocha disse que hoje é um político de projeção nacional. Wellington Dias afirma a interlocutores que é absurda a presença de Ibaneis em municípios da sua base eleitoral. Ele entende que o governador estaria agindo a serviço de seus adversários políticos (dele, governador), com a finalidade de lhe tomar o poder.

O governador piauiense evita falar publicamente sobre o assunto porque ainda tem pendências junto ao governador do DF. Ano passado teria sido favorecido num empréstimo de R$ 83 milhões junto ao BRB (Banco Regional de Brasília) para financiar o PRO PIAUÍ, programa eleitoreiro com o qual visa alavancar a precária candidatura do seu secretário de Fazenda ao governo do estado.

O governo do estado é impedido por determinação do Ministério da Economia de contrair empréstimos porque teria fabricado números sobre a realidade financeira do estado. Na prática, não possui capacidade de pagamento. 

É provável que para tentar desmentir a nossa matéria o governador crie urgentemente uma nova pose ao lado de Ibaneis Rocha. É provável também que o governador do DF aceite. Há muitos apagadores de incêndios de um lado e de outro — personagem marcante na história política do Brasil.

Mas é certo também que eles podem voltar às boas, mas não conseguirão apagar a realidade dessa disputa em torno do apadrinhamento de verbas federais. E olhe que Wellington Dias não aceita ver Bolsonaro nem pintado. É um dos seus maiores críticos.

A reportagem continuará em busca de mais esclarecimentos em torno dessa história sombria que pode envolver seriamente o interesse público piauiense e brasileiro. Se qualquer das personagens citadas quiser se manifestar, o espaço estará disponível. (Toni Rodrigues)

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias