SUPREMO

STF proibiu governo Bolsonaro de agir durante a pandemia

Prefeitos e governadores tiveram toda a autonomia para agir, independente do governo federal

29/07/2021 18h51Atualizado há 2 meses
Por: Redação
735
Ministro Alexandre de Moraes determinou isolamento do governo Bolsonaro (Reprodução G1)
Ministro Alexandre de Moraes determinou isolamento do governo Bolsonaro (Reprodução G1)

O STF parece que está querendo dar um nó na cabeça das pessoas.

 

Primeiro, proíbe o governo de atuar na pandemia. Digo isso com base em decisão do ministro Alexandre de Moraes, de 8 de abril de 2020. Ipsis:

 

"(...) o governo federal não pode derrubar decisões de estados e municípios sobre isolamento social, quarentena, atividades de ensino, restrições ao comércio e à circulação de pessoas."

 

Pela decisão do ministro, estados e municípios podem estabelecer essas medidas, isoladamente, como forma de combate ao avanço do novo coronavírus.

 

Isoladamente significa literalmente: sem qualquer interferência do governo federal. O presidente Bolsonaro tinha que ficar apenas olhando, e cruzar os braços.

 

No máximo, podia comentar. E o fez. Para mostrar a realidade.

 

Agora, o Supremo nos traz uma mídia, alegando que "uma mentira repetida mil vezes não pode se transformar em verdade." De fato, basta repetir apenas uma. E nem assim será verdade imposta.

 

Porque existe a verdade verdadeira, e a verdade que muitos querem nos impor. A gente acredita no que quer. Mas nem isso vai apagar a verdade de fato.

 

Determinou Moraes:

 

"Não compete ao Poder Executivo federal afastar, unilateralmente, as decisões dos governos estaduais, distrital e municipais que, no exercício de suas competências constitucionais, adotaram ou venham a adotar, no âmbito de seus respectivos territórios, importantes medidas restritivas como a imposição de distanciamento/isolamento social, quarentena, suspensão de atividades de ensino, restrições de comércio, atividades culturais e à circulação de pessoas, entre outros mecanismos..."

 

Será que eles querendo dar um nó na cabeça da gente? Porque, pelo que entendi, eles determinaram que o governo federal não pode afastar decisões de governantes estaduais e municipais que impuseram medidas de distanciamento, quarentena, suspensão de atividades comerciais e de ensino etc.

 

É aquela máxima. E se Cristo voltasse agora? (TR)

Assista o vídeo:

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias