TRANSPORTE

Petistas prometem, de novo, metrô para Altos; tudo mentira

Transporte vem sendo prometido pelos petistas há mais de 10 anos

11/09/2021 07h12
Por: Redação
49
Obra seria de grande importância para moradores de Altos
Obra seria de grande importância para moradores de Altos

De novo, os deputados do governo, e até os não-deputados, se utilizam da velha história de que o metrô será expandido para Altos e Campo Maior.

 

Toda vez que se aproxima uma eleição, o pessoal do PT inventa que vai levar o metrô até essas duas cidades. A população trabalhadora cria grande expectativa e depois só nada. 

 

Há 10 anos, o então presidente da companhia metropolitana, Marcos Silva, já falecido, mandou reunir 500 trabalhadores na sede do sindicato rural e falou durante duas horas. 

 

Segundo ele, o metrô chegaria a Altos em março daquele ano. Houve grande comemoração popular. O metrô até hoje não chegou. Dois anos atrás, o deputado sem mandato Paulo Martins (PT) novamente anunciou a expansão, esta feita até Campo Maior. De novo, nada. 

 

Somente promessa vazia. Agora é um outro deputado sem mandato, um desses arrivistas que caem de paraquedas na política e que não tem proposta nem projeto. 

 

Segundo ele, já existiria até um projeto avançado para essa realização. Tudo conversa fiada, novamente. Ele não mostra o projeto pelo simples fato de que não existe. 

 

Como o anúncio foi feito em plenário, trata-se de quebra de decoro parlamentar. Não resta dúvida de que seria algo muito bom para a população dos dois municípios. Mas diante do histórico tudo nos leva a crer que se trata apenas de mais do mesmo. 

 

Os petistas prometem para conseguir os votos e depois esticam a corda em direção ao futuro. O desespero da luta pelo voto leva certos elementos medíocres aos processos mais estapafúrdios de esvaziamento mental. E de enganação contra os menos favorecidos.              

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias