ENTREVISTA

Celso Barros Neto repudia fake news e campanha difamatória na OAB/PI

Presidente disputa reeleição; ele falou ao canal Toni Rodrigues Além da Notícia

14/10/2021 16h24
Por: Redação
Fonte: Toni Rodrigues Além da Notícia
280
Celso Neto presidente OAB/PI desde janeiro de 2019
Celso Neto presidente OAB/PI desde janeiro de 2019

O advogado e procurador do estado Celso Barros Coelho Neto falou com exclusividade ao canal Toni Rodrigues Além da Notícia. Presidente da OAB/PI (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí), ele é candidato à reeleição.

Ao jornalista Pedro Rodrigues, colaborador do canal, ele disse que ao longo da atual gestão, iniciada em janeiro de 2019, atuou na valorização da advocacia e estruturação da OAB em todo o estado. Disse ainda que a Ordem realizou pós-graduações gratuitas para milhares de advogados. Foram duas no ano passado, que estão sendo concluídas agora, e mais duas recentemente lançadas.

“Isso faz com que tenhamos um marco cultural no estado do Piauí. Foram pós revolucionárias porque foram levadas para todo o estado do Piauí. Esse foi o marco. Além, claro, da reestrutura completa das subsecções, e criação de subsecções em São João do Piauí e Esperantina”, relatou.

Celso Neto esteve em Altos nesta quinta-feira 14 de outubro e disse repudiar com veemência campanhas difamatórias, fake news e distorções do que seja, efetivamente, a gestão da OAB. “Estamos levando esse diálogo amplo com toda a advocacia piauiense, com 18 mil membros da advocacia, advogados e advogados, para fazer deste um processo construtivo”, salientou.

Celso Neto anunciou a criação da subsecção de Altos. “Temos um projeto muito importante para Altos que é a criação da subsecção de Altos. Será criada.”

A eleição da OAB/PI ocorrerá dia 20 de novembro.

Confira entrevista

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias