VIRALIZOU

Angical: Irmão do prefeito é flagrado com “gato de energia”

Assunto está entre os mais comentados da internet naquele município piauiense

23/10/2021 08h17
Por: Redação
1.252
Acima, prefeito Bruno; abaixo, seu irmão Bernardo; demais fotos - detalhes do gato de energia
Acima, prefeito Bruno; abaixo, seu irmão Bernardo; demais fotos - detalhes do gato de energia

Em qualquer parte do mundo este seria considerado um escândalo de graves proporções e seriíssimas implicações. Mas tem alguma coisa muito estranha acontecendo na cidade de Angical. Muito mais do que possamos imaginar no entorno da política local.

 

O caso é o seguinte. O irmão do prefeito municipal, Bruno Neto (MDB), foi apanhado em flagrante com um “gato de energia”. Bernardo Soares tem um ponto comercial bastante movimentado no Mercado Público do município. A história foi parar na internet e tornou-se assunto dominante nas rodas de conversa do município.

 

A Equatorial, empresa responsável pelo sistema de energia elétrica, foio devidamente informada. E, para espanto de todos, não tomou nenhuma providência. O que se pergunta agora é: será que a empresa nada faz por que se trata do irmão do prefeito? Será que se se fosse um cidadão comum a coisa seria diferente?

 

Outro desabafou, “se fosse um filho de pobre estaria passando o maior constrangimento com os funcionários da Equatorial e até a polícia na porta, mas como é o irmão do Bruno não vai dar em nada.”

 

Foi descoberta a fiação clandestina por populares que perceberam que os freezers estavam ligados diretamente na fiação que vinha da rua. Alguém fotografou e filmou e em seguida jogou na grande rede. Segundo populares, o fato teria sido imediatamente denunciado à Eletrobras para que as providências fossem tomadas. Mas até agora, vários dias depois, nada foi feito.

 

Ademais, nem prefeitura nem Equatorial se manifestaram, ainda, publicamente, sobre o assunto. (TR)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias