HOSPITAL

Apagão na saúde piauiense - Médicos do HGV anunciam paralisação para terça 16

Profissionais de saúde alegam perdas e longas jornadas

14/11/2021 08h09Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
73
Consultas estão sendo remarcadas para dezembro
Consultas estão sendo remarcadas para dezembro

Apagão na saúde piauiense. Médicos do Hospital Getúlio Vargas, em Teresina, pertencente à Secretaria Estadual de Saúde, anunciaram paralisação a partir da próxima terça-feira (16). Eles reivindicam melhores salários e condições de trabalho. Alegam estar extenuados pelas longas jornadas.

A direção do HGV publicou uma nota alertando para a paralisação e informando que por conta disso as consultas agendadas para o Ambulatório do hospital na data mencionada serão remarcada para o dia 14 de dezembro.

Houve reações as mais diversas. Rachel Lopes (@rachelmlg), que é enfermeira, colocou o seguinte comentário na postagem: "E pode médico paralizar em plena pandemia? A enfermagem foi duramente criticada e a greve suspensa por isso... como são as coisas né?! Médico pode, e enfermagem, NÃO!"

Resposta imediata de Gustavo (@gustau01): "Pode parar sim , direito ! Vai ser criticado igual agora por você .. mas vai parar. Mimimi."

O que se verifica é um verdadeiro apagão na área de saúde do Piauí. Como já ocorre com as estradas, a educação, a assistência social e a moralidade pública. Recentemente a Assembleia aprovou uma lei do Executivo reduzindo poderes da Controladoria Geral do Estado.

Temos ainda o lamentável caso do Hospital Materno Infantil, que está sendo construído há mais de 10 anos, e permanece até hoje como obra inacabada. Enquanto isso, aumentam os casos de natimortos na Maternidade Evangelina Rosa, completamente obsoleta, segundo os profissionais de saúde.

As estradas, mais se parecem com tábuas de pirulito. E o governo só está fazendo obras de recuperação, sem qualidade alguma, naquelas em que os prefeitos municipais anunciam previamente o apoio ao candidato do governador em 2022. Quando o prefeito não apoia, eles buscam lideranças alternativas, como recentemente ocorreu em Pau D'Arco do Piauí, onde o governo está buscando amparo num ex-prefeito que foi vergosonhosa e fragorosamente derrotado nas eleições do ano passado. Tudo é política para o governo.

Enquanto isso, a saúde padece. Convém ressaltar que o HGV é dotado de excelente estrutura e corpo técnico. Tanto que anunciou há alguns dias: "HGV 80 anos. HGV realiza quatro transplantes renais em 24h. Somente este ano já foram realizados 34 transplantes renais."

Informa ainda que "a Clínica Neurológica do Hospital (...) é referência para a alta complexidade na área de neurologia e neurocirurgia no Estado do Piauí. Atualmente são realizados 80 procedimentos mensais."

O governo do estado dispõe do melhor hospital e de uma equipe altamente treinada e comprometida. No entanto, não a valoriza. Assume, assim, a responsabilidade por mais este apagão. (Toni Rodrigues)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias