Câmara dos Deputados

Comissão rejeita exame toxicológico anual para professores da rede pública

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Professor Alcides recomendou a rejeição da proposta A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados rejeitou o ...

01/12/2021 15h05
Por: Redação
Fonte: Agência Câmara de Notícias
28
Professor Alcides recomendou a rejeição da proposta - (Foto: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados)
Professor Alcides recomendou a rejeição da proposta - (Foto: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 3928/20, que torna obrigatório o exame toxicológico para professores da rede pública de ensino, previamente à admissão e depois anualmente.

A proposta foi apresentada pelos deputados Marcelo Brum (PSL-RS) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O relator, deputado Professor Alcides (PP-GO), recomendou a rejeição.

“O projeto não nos parece razoável, pois, além de restringir o exame a apenas uma categoria profissional, também implica gastos públicos, o que pode inviabilizar a implementação de infraestruturas essenciais nas escolas”, disse Alcides.

O texto rejeitado garante a contraprova em caso de resultado positivo do exame e recomendação de tratamento para o professor, sem prejuízo de outras medidas administrativas.

Pelas regras da Câmara, como foi rejeitado na única comissão de mérito, o projeto será arquivado. Havia a possibilidade de apresentação de recurso para votação da proposta no Plenário, mas isso não aconteceu no prazo previsto (cinco sessões do Plenário).

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias