Senado Federal

CDH debaterá dados sobre violência contra a mulher na pandemia

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), se reunirá, nesta quinta-feira (2), em audiência pública interativa, para apresent...

01/12/2021 16h35
Por: Redação
Fonte: Agência Senado
39
O requerimento para a audiência é da senadora Leila Barros (Cidadania-DF), Procuradora da Mulher no Senado - Geraldo Magela/Agência Senado
O requerimento para a audiência é da senadora Leila Barros (Cidadania-DF), Procuradora da Mulher no Senado - Geraldo Magela/Agência Senado

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), se reunirá, nesta quinta-feira (2), em audiência pública interativa, para apresentar e debater os dados sobre a violência contra a mulher durante a pandemia. A reunião está prevista para começar às 10h e será realizada remotamente.

O requerimento para a audiência é da senadora Leila Barros (Cidadania-DF), Procuradora da Mulher no Senado, que na justificativa declarou que a divulgação, conhecimento e discussão desses dados é necessária, principalmente no momento em que a violência contra a mulher cresceu durante a pandemia da covid-19.

Dados

O DataSenado, instituto de pesquisa vinculado à Secretaria de Transparência do Senado Federal, entrevistou 3 mil mulheres, de outubro a novembro deste ano, e 27% das entrevistadas declararam já ter sofrido algum tipo de violência doméstica ou familiar por um homem. 

Durante a pandemia, em que o recomendado é ficar em casa para conter os casos do novo coronavírus, 49% das entrevistadas responderam que as situações de violência se tornaram mais frequentes, e 44% relataram que se tornaram mais graves.

Foram convidados a participar: Maria Teresa Firmino Prado Mauro Fröner, coordenadora do Observatório da Mulher contra a Violência do Senado Federal; Gabriela Moreira de Azevedo Soares, Diretora Executiva do Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ/CNJ); Marcos Ruben de Oliveira, coordenador do DataSenado; Carla Araújo, Promotora de Justiça e Vice-Coordenadora Nacional da Comissão Permanente de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do MPDFT; Luiza Brunet, Atriz e Modelo; Odécio Rodrigues Carneiro, Coordenador-Geral do SINESP- MJ.

Por Ana Paula Marques com supervisão de Patrícia Oliveira

Como participar

O evento será interativo: os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo telefone da Ouvidoria do Senado (0800 061 2211) ou pelo Portal e?Cidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e?Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias