ENCHENTES

Defesa Civil é coordenada por antigo aliado de Firmino Filho

José Ferreira pertenceu ao PSDB a maior parte da sua vida pública e foi líder de Firmino na Câmara

05/01/2022 09h35Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
112
José Ferreira, atual diretor-executivo da Defesa Civil
José Ferreira, atual diretor-executivo da Defesa Civil

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), acaba de anunciar que a prefeitura da capital está trabalhando para garantir acolhimento às vítimas das cheias decorrentes das fortes chuvas que caem sobre o Piauí desde o dia 31 de dezembro passado.

 

O prefeito disse que a Defesa Civil, que antes não existia, foi criada em sua gestão e agora está trabalhando para ajudar a população “nesse momento difícil.” “O que mais fiz na minha vida foi acolher pessoas em situação vulnerável”, declarou Pessoa.

O coordenador da Defesa Civil é um antigo aliado dos tucanos. Começou carreira política no antigo Partido da Frente Liberal, filiando-se depois ao PSDB, de onde saiu em 2009 e voltou em 2016. Entre 2013/2016 foi líder do então prefeito Firmino Filho na Câmara Municipal de Teresina.

A Defesa Civil montada pela prefeitura não conta com pessoal especializado para atender as demandas do momento. O secretário Carlos José Ribeiro da Silva não possui nenhuma formação na área. O coordenador executivo João Ferreira participou de todos os governos tucanos.

PESSOAL ESPECIALIZADO

A Defesa Civil deveria contar com pelo menos um engenheiro. Não conta. O prefeito ataca gestões passadas porque, segundo ele, não fizeram nada, e coloca na Defesa Civil exatamente alguém que fez parte das gestões do PSDB.

Ferreira foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Teresina. Nesta condição teve mandato cassado em 2008 por conta de irregularidades na condição do legislativo municipal.

No final de semana, a coordenadora da SAAD Norte, Ana Paula, não foi encontrada em Teresina, quando ocorreram as primeiras inundações e dezenas de pessoas perderam suas casas e pertences. Houve uma morte, do chef de cozinha João Marcelo, que ficou preso quando seu carro submergiu sob as águas. (Toni Rodrigues)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias