DENÚNCIA

Pacientes não contam nem com lençóis em hospital de São Miguel do Tapuio (Veja Vídeo)

Mulher denuncia total falta de estrutura no hospital de São Miguel do Tapuio

09/01/2022 19h27Atualizado há 1 semana
Por: Redação
71
Segundo a denúncia, camas contam apenas com pedaços de pano rasgados
Segundo a denúncia, camas contam apenas com pedaços de pano rasgados

É grave a situação do Hospital Regional de São Miguel do Tapuio. A denúncia foi feita através das redes sociais. Vários pacientes gravaram vídeo para pedir providências ao secretário estadual de Saúde, Florentino Neto.

“Senhor Florentino, é precária a situação do hospital de São Miguel do Tapuio. Estamos mandando esse recado para que tome providências. A situação é lamentável. Nenhum lençol para cama, que é o mais barato, não tem. Tem acompanhante de uma senhora que também vai dar o seu recado”, disse uma mulher.

A acompanhante de uma idosa falou no vídeo e disse que não existe cadeira para dar banho em idosos, que enfrentam problemas de locomoção por se encontrarem acamados. Além da falta de lençóis, falta também a estrutura de asseio.

“Não tem cadeira pra dar banho em idoso. O hospital parece que está preparado apenas para receber gente que caminha. Estou aqui com ela (a idosa), não tem como trocar nem dar banho. Porque a cadeira não presta, está caindo aos pedaços, se eu colocar ela, vai cair, machuca ela”, disse a mulher.

“É demais. Aqui tudo (está faltando). Até um medicamento, não tá tendo (sic) no hospital”, disse a denunciante. Corte rápido para outro momento. A mulher fala. “Bom dia, companheira. Mais uma decepção no hospital. Café da manhã todo dia é biscoito para os pacientes. Os lençóis das camas, chegou paciente aqui não tinha lençol, colocaram aqui a metade de um pano pro paciente (mostra o pano rasgado). Gente, a gente tá indignado. Olha aqui, o pano aqui só os pedaços, só os restos de pano. Isso aqui... as pessoas ficam indignadas com isso, pessoal”, relatou.

Mostra a cadeia para banhar idosos completamente destruída. Mostra também uma sequência em que várias camas aparecem num determinado cômodo do hospital. Todas sem lençóis. Apenas a cobertura de plástico, o que incomoda os pacientes e pode provocar ferimentos na pele devido ao contato.

Alguns meses atrás, a Secretaria de Saúde do estado havia anunciado uma reforma no hospital. Disse através de matéria da CCOM (Coordenadoria de Comunicação), na página oficial do governo, que seriam aplicados cerca de R$ 135 mil. Os pacientes afirmam que tudo não passou de fachada. (Toni Rodrigues)

Assista

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias