Sexta, 23 de Abril de 2021
86 99979-7842
Política GUARDA MUNICIPAL

Larvas podem ter sido plantadas, diz vice-prefeito Robert Rios

Objetivo seria conseguir implantar valores da alimentação nos vencimentos de servidores

04/04/2021 11h02 Atualizada há 3 semanas
331
Por: Redação
Recorte de vídeo postado nas redes sociais pelos denunciantes que podem ser guardas municipais (Reprodução)
Recorte de vídeo postado nas redes sociais pelos denunciantes que podem ser guardas municipais (Reprodução)

São imagens chocantes. Mais do que isso. São imagens assustadoras. Parece que estamos diante de um pesadelo, de uma situação completamente impensada. De algo que talvez não aconteça em outras partes do mundo. Daí alguém dizer: tem coisa que só acontece no Piauí. Comida com larvas. Alimento que deveria ser consumido por seres humanos, servidores públicos, guardas municipais. De Teresina.

Sim, de Teresina, capital do Piauí. Pouco depois de outra notícia bem ruim. A de que presos teriam morrido por má alimentação em cadeia do Piauí. No Piauí, muita coisa acontece. A imprensa é que não costuma mostrar. Mas, vamos aos fatos.

_Denúncia gravada em vídeo

No caso dos guardas municipais, a denúncia foi feita em vídeo. Provavelmente um dos guardas filma os alimentos servidos com larvas de moscas. Ele mostra uma quentinha ontem arroz, carne, feijão e uma salada de verduras. Deveriam ser alimentos frescos, de qualidade previamente conferida pela própria municipalidade, que é quem paga.

Uma das quentinhas está revirada, demonstrada que a pessoa chegou a comer, e de repente se deparou com as larvas. Então parou de comer. Filmaram e decidiram mostrar nas redes sociais. O caso ocorreu durante a Semana Santa. A prefeitura ainda não se manifestou. Sabe-se que o contrato foi feito pela Secretaria de Governo, comandada por Adolfo Nunes.

Mas cabe à prefeitura fiscalizar a qualidade do produto. A responsabilidade não é apenas da empresa. O governo municipal não pode ficar inerte. Não pode adotar medidas por baixo dos panos, para proteger contratos que podem estar lesando o contribuinte e causando problemas à saúde dos servidores. É isso que se tem no primeiro momento. Mas nós falamos com o secretário de Finanças e vice-prefeito Robert Rios. A seguir o que ele nos disse.

_Larvas podem ter sido "plantadas"

Por volta das 10h enviamos o vídeo ao secretário municipal de Finanças, vice-prefeito Robert Rios, pedindo a ele que se manifeste. "Guarda municipal. Procede?" Em seguida, ele disse não haver compreendido, diante do que encaminhamos áudio com o detalhamento da situação, de que seria alimento servido aos guardas municipais da capital. Questionamos sobre a empresa que fornece e qual o valor do contrato, se houver.

O secretário manteve contato por volta das 10h40min. Ele nos disse que o contrato para fornecimento das quentinhas é proveniente da Secretaria de Governo. "Conversei com o coronel Nixon (Frota, comandante da Guarda Municipal) e ele reconheceu que a qualidade dos alimentos não é muito boa. É de lá que come inclusive o prefeito. Exceto o vice-prefeito, que come em casa. Segundo o coronel Nixon foram 120 quentinhas para este dia, e apresentou problema nas quentinhas fornecidas para uma mesma equipe", disse Robert Rios.

_Posição das larvas gera suspeita

Rios disse ainda que pela posição das larvas é provável que não tenham vindo com a alimentação. "Ele (Nixon) acha que alguém fez. Já vi muita coisa acontecer no serviço público. Lembro que quando era secretário de Segurança alguns agentes faziam muita confusão com a comida. O que eles queriam é que fosse implantado o valor no contracheque, em forma de tíquete, vale-refeição. Ninguém pode dizer que a responsabilidade seja da empresa. Fiquei pasmo do comandante reconhecer que a qualidade não é boa. Ele mesmo come lá, e disse que come porque é o jeito, mas que não é boa não. Foram 120 quentinhas, chegava de três em três, quatro em quatro, todo mundo sentou, pegou sua quentinha, vai comendo. Só deu problema nessas três da mesma equipe. A gente fica em dúvida de dizer que foi da empresa, se não foi. Já vi muita malandragem no serviço público. Cabra vai fazer isso até botar o contracheque, o dinheiro", disse.

O secretário falou ainda que no tempo em que era secretário os policiais civis fizeram protesto até que os valores fossem colocados no contracheque. Depois, passaram a receber o dinheiro e ir comer em casa. "Era o que eles queriam, e é o que estão querendo também (os guardas municipais). E vai terminar acontecendo", salientou o secretário. (Toni Rodrigues)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 07h41 - Fonte: Climatempo
24°
Céu encoberto

Mín. 23° Máx. 32°

24° Sensação
1.2 km/h Vento
94% Umidade do ar
83% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (24/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (25/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias